skip to Main Content
+55 11 3884-5235 / 3885-3083/ 97592-6354 +55 11 97592-6354

A escola, a família e as crianças no combate ao bullying

bullyng na escola

Você sabe lidar com uma situação de bullying?

O bullying é uma violência intencional praticada repetidas vezes contra uma mesma pessoa. Essa prática pode ser verbal, física ou psicológica. Ou seja, o agressor – como chamamos quem pratica esse ato – sabe que está sendo inconveniente e agressivo. É uma atitude que ganha muita força quando possui apoiadores.

 

Diferenciando conflitos de violência e agressão

Conflitos e situações desconfortáveis existem em todas as relações. O bullying vai muito além de brigas pontuais entre dois ou mais estudantes. É um ato consciente, focado em um estudante específico com a intenção de humilhar, agredir ou expor a vítima.

As consequências dessa prática podem ser muito sérias e traumáticas para quem sofre a violência, podendo desenvolver sintomas de ansiedade, fobia escolar e até depressão, impactando diretamente em seu desenvolvimento, conforme abordamos neste artigo

Com a chegada das redes sociais a agressão passou a acontecer também no âmbito virtual, ganhando o nome de ciberbullying.

 

Bullying na escola: qual o papel da instituição?

Antes de tudo, vale ressaltar que essa prática pode acontecer em qualquer ambiente. É um problema mundial e precisa ser combatido – se possível, evitado.

Quando agressão acontece dentro do ambiente escolar (ainda que seja virtual), é preciso unir a família com a escola para combater esse tipo de comportamento. É importante conscientizar alunos e familiares que o bullying é de responsabilidade de todos, inclusive de quem testemunhou o acontecimento rindo ou ignorando.

Diante disto, é importante lembrar que este assunto precisa ser colocado em pauta não apenas quando houver um caso de agressão, mas de maneira preventiva, incentivando uma convivência respeitosa. Dessa forma, evitamos que as crianças adotem essa prática. Muitas vezes elas não enxergam a proporção de seus atos, sua personalidade e moral ainda estão em processo de construção.

Converse com os alunos e familiares para que o combate ao bullying seja ainda mais eficaz. Lembre-se: só existe brincadeira quando todos os envolvidos se divertem. Caso contrário, alerta vermelho!

 

Identificando e combatendo o bullying

É possível identificar se uma criança está sendo vítima de bullying observando suas mudanças de comportamento, como medo de ir para a escola, sinais incomuns de tristeza e isolamento.

Para combater o bullying, precisamos assegurar medidas de conscientização, prevenção, diagnóstico e combate à intimidação sistemática. No caso do ciberbullying, ou seja, o bullying virtual, é de extrema importância gravar todas as mensagens ou imagens que comprovem a violência e denunciar o ocorrido.

Para concluir, lembramos que o principal envolvido é a vítima. Por isso, é fundamental que ela saiba que não é culpada e receba apoio emocional dos familiares, educadores e amigos.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
WhatsApp chat