Diretoria e Corpo Docente

“Sabemos que a escolha de uma escola para nossos filhos é uma decisão que requer muita pesquisa e reflexão. Como mãe e educadora, conheço a importância de oferecer para nossos alunos um ambiente acolhedor e continente, que ao lado da família, lhes ofereça oportunidade de crescimento.

Buscar uma escola significa encontrar um lugar que satisfaça diferentes necessidades: que tenha, desde a filosofia educacional e a orientação pedagógica, compatíveis com os valores e anseios familiares, até o local e o preço adequados às suas possibilidades. Entretanto, sei que a maior preocupação sempre será com o tratamento que os filhos terão nesse novo ambiente. Por isso, acredito que nosso maior desafio é o de ajudá-los, com afeto e determinação, a vencer os desafios da aprendizagem. Dentro de limites claros e seguros e num ambiente que privilegia as relações, buscamos desenvolver as habilidades pedagógicas, ao mesmo tempo que garantimos o pertencimento e promovemos a autonomia.

É assim que acredito estar colaborando – juntamente com minha equipe – para o desenvolvimento integral de nossos alunos e fazendo do Colégio Winnicott a escolha certa.”

Profa. Dra. Elizabeth Polity * – Diretora

Lucila Polity Moss – Diretora Administrativa

CORPO DOCENTE:
O Colégio Winnicott conta com professores habilitados e com mais de uma década de experiência em trabalhar com alunos que demandam um ensino individualizado.

A formação continuada dos docentes é realizada pelo Corpo Técnico do Colégio, através de encontros regulares para construções de diferentes propostas e trocas de experiências.
Valorizam-se as diferenças individuais, privilegiando a multivisão para se chegar a consensos. As opiniões e sentimentos dos membros da equipe são respeitados e validados. Dessa forma, o todo é maior que a soma das partes.

A EQUIPE REALIZA SEU TRABALHO EM CONJUNTO ATRAVÉS DE:
– Planejamento de Curso;
– Supervisão Psicopedagógica do trabalho, observando e rediscutindo posturas e estratégias adequadas à proposta da escola;
– Reuniões semanais para o aprimoramento teórico e vivencial, buscando o autoconhecimento e autorreflexão;
– Palestras e Encontros com profissionais convidados especialmente para este fim.

Nosso quadro de profissionais conta ainda com Psicólogos, Terapeutas de Família, Arte Terapeuta, Psicomotricista e Psicopedagogos, cuja função, entre outras, é favorecer as relações e propiciar mudanças que possam ser enriquecedoras para os alunos e para a equipe.

* PROFA. DRA. ELIZABETH POLITY é Doutora em Psicologia, Mestre em Educação, Terapeuta Familiar, Psicopedagoga, Pedagoga e Psicoterapeuta clínica.

Foi Presidente da Associação Paulista de Terapia Familiar – APTF e Presidente do CDC – Conselho deliberativo e consultivo da ABRATEF (Associação Brasileira de Terapia Familiar).

É didata e fundadora do Instituto de Formação CEOAFE – Centro de Orientação e Aconselhamento Família-Escola.

Autora dos Livros:

  • Ensinando a ensinar – Ed. Vetor, 2ª ed., 2002
  • Psicopedagogia: um enfoque sistêmico – Ed. Vetor, 2ª ed., 2003
  • Aprendizagem e Família: construindo novas narrativas – Ed. Vetor, 2002
  • Dificuldade de ensinagem. Que história é essa…? – Ed. Vetor, 2004
  • Ainda existe a cadeira do papai? (org.) Ed. Vetor, 2004

Autora dos capítulos:

  • Família e Escola parceiras na inclusão social in Psicopedagogia: um portal para a inserção social. Ed. Vozes, 2ª edição 2005
  • Educação e Psicanálise. Aprendizagem nos casos limites in Psicopedagogia: Diversas faces, múltiplos olhares. 2ª edição, Ed. Olho d’água, 2005
  • Práticas Discursivas na terapia de casal in Gritos e Sussurros. Ed. Vetor, 2007
  • A mulher e a maternidade in Mulheres Do Século XXI. Ed. Roca, 2008
  • Terapia Familiar e Educação in Manual De Terapia Familiar. Ed. Artes Médicas, 2008
  • O discurso na Terapia de casal in Terapia Familiar na última década. Ed. Casa do Psicólogo, 2008
  • Dividindo preocupações, Enfrentando desafios in Questões Éticas no desafio do formador. Ed. Roca, 2009
  • Ensina-me a Viver in Os desafios do Amor: questões de sobrevivência. Ed. Roca, 2010
  • Sistemas intolerantes: relações violentas? in A Violência Doméstica e a Cultura da Paz. Ed. Roca, 2013